“Precisamos falar sobre o luto. Precisamos entendê-lo como um processo natural, não como algo a ser evitado, consertado, apressado ou julgado. Precisamos começar a falar sobre como enfrentar a realidade de levar uma vida que foi totalmente modificada pela perda.” — Megan Devine

Depois de vivenciar o luto como terapeuta e, sobretudo, com a morte de seu companheiro, Megan Devine se tornou uma voz expressiva para desconstruir a cobrança de “voltar à vida normal” após a perda de um ente querido.

Muitas pessoas que sofreram uma grande perda se sentem julgadas, ignoradas ou incompreendidas por uma cultura que tenta “resolver” o luto e “curar” uma dor que não pode ser remediada.

Em Tudo bem não estar tudo bem, Megan nos convida a construir a melhor vida possível – uma vida que comporte a dor e a saudade, que não tente negar o vazio deixado pela perda.

Com uma rara honestidade, este livro se tornou referência no apoio às pessoas enlutadas. Sem romantizar esse momento tão doloroso, ele apresenta histórias reais, depoimentos, estudos, pesquisas e orientações práticas sobre como cuidar do corpo, da mente e do coração durante o processo do luto.

A partir dessa nova perspectiva, você vai aprender a dar pequenos passos para reconstruir seu mundo, respeitando seu tempo, ignorando conselhos ineficazes e honrando o amor daquele que se foi.

More by Megan Devine